Maio 262012
 

14_02_Coccopalmerio (1)Na Grande São Paulo, havia até o último dia 24 de maio, três basílicas menores. A Basílica de Nossa Senhora da Penha, a Basílica Nossa Senhora do Carmo e a Basílica Nossa Senhora da Assunção, mas conhecida como o Mosteiro de São Bento. No entanto, o Santo Padre Bento XVI, através de um breve elevou a Igreja Nossa Senhora do Rosário, localizada no município de Caieiras, na agradável região da Serra da Cantareira, à condição de Basílica.

O termo Basílica provém do grego e significa originalmente “casa real”. Essa palavra designava um majestoso edifício público, que nas civilizações grega e romana se destinava comumente à sede de um tribunal de justiça. A palavra Basílica começou a fazer parte do vocabulário católico quando várias dessas construções se converteram em templos cristãos.

15_Arautos_Vida_cotidiana_15_Igreja_VT2_0152Existem dois tipos de basílicas: as maiores e as menores. As maiores são poucas, particularmente as quatro basílicas papais romanas (São João de Latrão, São Pedro, Santa Maria Maggiore e São Paulo Extramuros), ainda que também sejam consideradas basílicas papais as de São Lorenço Extramuros e a Igreja de São Francisco, em Assis, pois tem altar Papal e trono. Outra interessante característica das basílicas maiores é que seu altar-mor é de uso exclusivo do Papa, podendo ser utilizado por outro celebrante somente com uma autorização própria. Além disso possui uma Porta Santa que, sendo transposta durante os anos jubilares, concede indulgências.

Formando uma “coroa” ao redor das Basílicas Maiores se encontram as Basílicas Menores, mais de 1.500 em todo o orbe. Para que um templo possa alcançar o título de basílica, o que ocorre por meio de um Breve Apostólico, devem-se cumprir três requisitos:

1º Ser um templo de régio esplendor, com arquitetura destacada;

2º o templo deve ser foco espiritual de uma comunidade que é santuário para a multidão de devotos que acodem a ele;

3º abaixo de suas abóbadas deve existir um tesouro espiritual e sagrado, dando culto ininterrupto ao Senhor, à Virgem Maria e ao Santo venerado nele.

15_Arautos_Vida_cotidiana_15_IMG_6137A Basílica Nossa Senhora do Rosário está localizada no território da Diocese de Bragança Paulista e pertence ao conjunto de edifícios no qual se encontram o Seminário da Sociedade Clerical Virgo Flos Carmeli e a Casa de Formação dos Arautos do Evangelho.

Na Basílica Nossa Senhora do Rosário há adoração Perpétua ao Santíssimo Sacramento e aos domingos, o cântico do Ofício Divino às 9:00hs. As missas dominicais são às 11:00hs e às 17:00hs.

Fonte: Gaudium Press (com adaptações)

  4 Responses to “Grande São Paulo ganha mais uma Basílica”

  1. muito lindo,estão de parabéns o Arautos do Evangelho, estamos precisando de ser melhor evangelizados.

  2. muito lindo,estão de parabéns o Arautos do Evangelho, estamos precisando de ser melhor evangelizados.

  3. Um ícone de Oração, beleza e magestade Cristão Católica, envolto num ambiente de vida interior e amor de Deus!
    Apenas um dos reflexos da beleza interior da alma de um Grande s…

  4. Um ícone de Oração, beleza e magestade Cristão Católica, envolto num ambiente de vida interior e amor de Deus!
    Apenas um dos reflexos da beleza interior da alma de um Grande s…

Obrigado por seu comentário!